Ocorreu um erro neste gadget

quarta-feira, 10 de novembro de 2010

Adolescentes

Aninha,

A adolescência é uma fase em que acontece muita coisa e em que a gente se sente um pouco sozinha. Tem algumas coisas que eu acho que ajuda saber ou ao menos parar para pensar a respeito.

Existem pessoas na tua vida que acompanharam a tua infância. Entre elas tem aquelas que tu ama e que tu sabe que te amam. Pára agora para pensar quem são elas. Anota se tu achar uma boa idéia. Feito? Tu já sabe quem são? Pois então pronto; tu precisa - por um tempo - olhar estas pessoas com outros olhos. Porque elas vão te enxergar, tratar e pensar em ti como criança por algum tempo. E TUDO o que tu fizer que seja diferente de agir ou pensar como uma criança vai soar estranho para elas. Cada vez que estas pessoas te olharem com estranheza tu vai te sentir fazendo alguma coisa errada e vai te sentir insegura. E isto não é nada bom, né?! Pois então cada vez que tu te der conta de que tu está te sentindo assim lembra que ela só estão te estranhando, mais nada, e deixa a insegurança de lado. A tua personalidade e a tua integridade já estão formadas e são muito boas. Tu fostes uma criança amada, carinhosa e bem intensionada. Só com muito azar e burrice tu poderia estragar isso. As chances são de que tu vá te tornar uma adulta legal. Lembra disso de vez enquando.

Várias oportunidades vão surgir. Tu vais ter vontades e curiosidades de viver e de experienciar várias coisas. Te joga! Vive tudo com toda a energia que a curiosidade vai te dar. NUNCA tenha medo de parecer ridícula. Fica com medo de não viver a tua vida com intensidade. Isso sim é um problema.

Te cuida. Cuida dos teus sentimentos para não entrar em situações que tu pressente que vai te machucar. A gente geralmente sabe quando está se metendo em uma roubada. Confia nisso e segue teus instintos para te proteger.

Vai te dar vontade de fazer coisas erradas. Tudo bem. Mas lembra que algumas burradas podem ser definitivas. Engravidar é definitivo - mesmo que tu faça um aborto - é uma coisa que te transforma. Te permite escolher quando tu quer fazer isso.

Perder a virgindade é definitivo e tu vai ter grandes expectativas do cara que for o teu primeiro - então te assegura bem ANTES de que ele não vai te decepcionar feio logo depois.

Se viciar em álcool ou drogas é definitivo. Então se tu decidir experimentar ou usar essas coisas, antes pára para pensar se tu não está correndo o risco de fazer disso um hábito frequente.

Escolher uma carreira é quase definitivo. Então não tenha pressa. As coisas que tu gosta vão te levar para o lugar certo. Pode confiar nas coisas que tu gosta. Sempre que alguma coisa te faz feliz, cultiva essa coisa, faz bastante e só pára quando deixar de ser interessante. Por que tu parou de desenhar?

Os teus amigos vão te conhecer melhor do que as pessoas que tu conhece a mais tempo. Mesmo os amigos mais antigos vão entrar na categoria dos que te conhecem pouco se eles não andarem na mesma direção e no mesmo ritmo que tu. Cada pessoa que tu escolher para conviver e conversar mais representa muito o que te agrada - e assim tu podes aprender mais sobre ti mesmo.

Ninguém vai ser a companhia perfeita. Porque todo mundo vai ser diferente de ti em alguma coisa, e a gente gosta de conviver com quem é parecido com a gente. Na verdade a gente quer que todo mundo pense e sinta tudo do exato mesmo jeito que a gente. Parece loucura, né?! Mas presta atenção - chega a ser engraçado!

Não fica muito braba com as pessoas "mais antigas" por não te entender por completo; é difícil acompanhar alguém que está mudando tanto. Eventualmente elas te alcançam. Essas mesmas pessoas vão estar sempre te perguntando coisas do tipo "do que tu gosta?", "por que tu não gosta disso?", "o que tu vai ser quando crescer?". Não te sente na obrigação de responder nada.

Cuidado para não fazer coisas só porque todo mundo está fazendo, ou porque alguém quer que tu faça - é a tua vida! Cuidado também para não deixar de fazer MUITAS coisas por medo, vergonha ou timidez. Timidez geralmente é o oposto de viver, de curtir e de te sentir bem com quem tu és a cada momento. E tu vai mudar o tempo todo!

Boa sorte! Te cuida e se de vontade de bater papo, me liga!

Te adoro,

Mari

sexta-feira, 5 de novembro de 2010

Promoção Sonho de Valsa - Filme

Se relacione com o programa

Não se esqueça do seu amor na hora de escolher o filme. Você quer ver o filme com ele? Pois o encontro começa entre as prateleiras. Convide para dentro de si coisas que você conhece do seu parceiro e passe a enxergar as alternativas sob a perspectiva do casal. Quando você menos esperar estará relembrando o porquê é mesmo que vocês combinam; qual a parte da alma de cada um que se funde com a do outro e se confunde em uma só. Voltará para casa com o DVD e com os votos de amor renovados. Um filme para nós? Click, com Adam Sandler, mas este é um dos nossos. Qual é o de vocês?


Brinque com o filme

Aquilo que você e seu amado fazem juntos vira história. Aproveite as cenas e as falas que marcaram os dois durante o filme e crie brincadeiras íntimas. A cumplicidade que surge quando só os dois sabem do que estão falando é uma delícia. Me derreto em uma frase quando ouço "Buon giorno Principessa" ou "Oi, meu nome é Bruce". Não entenderam essa última? Que ótimo! Crie a sua.