Ocorreu um erro neste gadget

quarta-feira, 21 de novembro de 2012

Declaração de Amor Escorpianina

Vamos ter um filho? 
Vamos escolher o nome dele? 
Deixa eu te alegrar quando você estiver triste? 
Te ninar quando você estiver cansada? 


Vamos foder o dia inteiro? 

Deixa eu te fazer uma massagem com creme? 
Vamos aprender a tocar piano juntos? 

Vamos foder o dia inteiro? 

Deixa eu ajoelhar Glorinha e beijar tua mão? 

Vamos ser tão felizes que fiquemos calmos? 
Tão calmos que fiquemos fortes? 
Tão fortes que possamos ajudar todos os amigos que precisarem? 

Vamos foder o dia inteiro? 

Vamos aceitar tudo o que o outro é? 
Defender tudo o que o outro é? 
Amar tudo o que o outro é? 

Vamos foder o dia inteiro?

sábado, 3 de novembro de 2012

Mecanismos de Neuroses

Toda vez que falta luz;
Toda vez que algo nos falta...

O invisível nos salta aos olhos.

E o invisível, o irreal não serve pra nada!


Sobre coisas que eu recebo por saber escolher minhas afinidades... Texto da Julhinha

"...Chegará o dia em que poderei dizer, que nada foi em vão. Que você veio, para nos ensinar o que era o amor incondicional. Que não importa a quantidade de vezes que te derrubaram, você sempre encontrou o caminho de volta ao topo.

Chegará o dia em que, não mais odiarei aqueles que te fizeram mal. Aqueles que te fizeram chorar, sofrer. E sim, lembrarei deles pelas vezes que te fizeram sorrir. Chegará o dia em que saberei, que soberanamente você venceu todas as adversidades da vida e que o fez com a maestria dos mais experientes.

Quem sabe um dia, poderei perdoar aquilo que levou você daqui. Que encurtou nossos encontros e que me privou de uma pessoa iluminada.

Quem sabe um dia, saberei o que você sentiu quando a vida começou a fazer sentido. Quem sabe um dia, poderei dimensionar tudo o que você sofreu.

Quem sabe um dia, conseguirei aprender com suas conquistas. Quem sabe, conseguirei me tornar uma pessoa melhor, por ter dividido com você, minha inocência. Talvez, um dia entenda realmente, o porque você se foi.

Quem sabe, um dia talvez, consiga viver o que você viveu, amar como você amou, esquecer como você esqueceu e libertar-me como você se libertou.
Até lá, gostaria de pensar que estarás sempre comigo, guiando meu caminho e brilhando sempre que eu estiver na escuridão.

Espero um dia, poder te dizer de novo, que te amo. Que te admiro. Que a vida aqui não é a mesma sem você. A vida seguia tranquila, enquanto sabia que você estava por perto. Quem sabe um dia, o universo fará sentido novamente. Quem sabe um dia, entenderei verdadeiramente, porque a sua trajetória acabou. Espero que, de onde estejas, sintas e saibas o que sinto por você. Quem sabe um dia, te encontro novamente e poderemos terminar a história que mudou a minha vida e que repentinamente se acabou"