Ocorreu um erro neste gadget

domingo, 25 de dezembro de 2011

Estrangeirismo Interno

Quando me sinto muito deslocada ou sozinha gosto de pensar, falar e escrever em inglês. Parece que desta forma sou uma estrangeira no meu mundo e assim me parece mais natural a solidão.

Uma vez participei de um grupo de terapia em inglês e um outro participante inclusive comentou que parece mais fácil falar de coisas íntimas em outra língua. Quase como se fosse então uma língua secreta, a língua da alma que é estrangeira em qualquer ambiente.

Me ocorre também que esta pode ser uma tentativa de obter uma sensação de conforto ou de controle da situação. Mas nem sempre a situação é dolorosa. Muitas pessoas quando alcoolizada falam outra língua. Será que existe alguma ligação entre expressar-se de uma forma diversa do coletivo e se sentir mais em contato com a própria individualidade?

Nenhum comentário: